From the monthly archives: fevereiro 2011

LCD Soundsystem live @ (No)Mondays! 18 fev 2011. Photo: Newton Nogueira

A turnê de despedida do LCD Soundsystem que passou por São Paulo na última sexta, (ao lado da primeira apresentação no Brasil em 2004)  foi o melhor show deles por aqui.

O relógio marcava pouco mais de uma e meia da madrugada de sábado, quando o LCD entrou no palco, pronto para incendear o público de São Paulo pela terceira e última vez.

Eles abriram o show com  “Dance Yourself Clean”,  faixa de entrada do álbum This is Happening,  que começa com uma batida mansinha  e ao longo dos seus quase 9 minutos, vai ganhando uma progressão que envolve totalmente o público.

Depois da  introdução perfeita da primeira música entrou o hit  “Drunk Girls” , ainda mais eletrizante ao vivo. “Get Innocuous”  veio em seguida, dando  um tom eletrônico ao show e fez o público dançar.

James Murphy, estava bem à vontade. Falou sobre o carinho que tem pela cidade, no começo da apresentação:  “we have roots here in São Paulo, it’s always really nice to play here / temos uma história em São Paulo, é sempre bom tocar aqui”.

A fusão do punk com house presente no som do LCD Soundsystem fica ainda mais nervosa, ao vivo. Nas guitarras, Al Doyle, integrante do Hot Chip mostrou que toca muito e foi o responsável pelo lado rock do show. Enquanto isso,  nos teclados, a baixinha Nancy Whang quebrava o gelo com  sua cartela de samplers e seus backing vocals ocasionais.

O outro hit,  “Daft Punk is Playing at My  House” veio a seguir e colocou a casa abaixo.

O show continuou crescendo em ritmo e explosão, com “I Can Change”, “You Wanted a Hit” e então,  talvez o primeiro grande momento da apresentação quando eles tocaram “All My Friends”.

Na sequência, “Tribulations”, faixa do primeiro álbum caiu como um presente para os fãs mais antigos da banda, e logo em seguida, aconteceria o segundo grande momento do show, com o turbilhão discopunk “Yeah”.

Depois desta explosão, a banda saiu para voltar com um bis de 4 músicas: “Someone Great”, “Loosing My Edge”, “Home” e encerrou   categoricamente com a faixa “New York I Love You But You’re Bringing Me  Down” que deu um ar saudosista e deixou todos com aquele gostinho de quero mais.

Se você quiser ver o LCD Soundsystem antes do fim, ainda dá tempo:  o último show acontece no Madison Square Garden, em Nova York, no dia 2 de abril.  Murphy promete um show com 3 horas de duração. Antes disso, eles se apresentam essa semana em Buenos Aires (23/02), Bogotá (25/02) e Santiago (27/02).

Confira abaixo o tracklist do show em São Paulo:

Mas será mesmo esse o fim para sempre?

Após o show, conversando com o jornalista e amigo Lúcio Ribeiro, concluímos exatamente que eles não teriam melhor momento para encerrar a carreira.  A banda ao vivo está em sua melhor forma e gravou 3 discos que sintetizam toda a fusão de punk com dance que explodiu na cabeça de Murphy. O último álbum estreiou em 10º lugar na Bilboard e Murphy sai de cena com o título de artista mais importante de 2010, segundo a revista Spin.

MAS…  no backstage, o baterista Pat Mahoney, em uma conversa informal com este que vos escreve, soltou  que eles estão “parando de tocar por um tempo”. É muito cedo pra afirmar mas pode ser que o último show do LCD Soundsystem não seja exatamente o último de todos os tempos.

Tagged with:
 

O Zinismo é um fanzine digital capitaneado pelos amigos Marcelo Viegas (editor da 100% Skate), Ricardo Idéia, Flávio Grão e Edu Zambetti. Todos, em tempos pré-internet, tiveram suas experiências com os zines feitos em papel. Com a ajuda da tecnologia, mudaram o meio e mantiveram o conceito, abordando toda a sorte de assuntos interessantes – traduzindo: música, artes, literatura, cultura de rua e muito mais.

A versão impressa e numerada do Zinismo. A que você vê é a 64 de 100.

Pra comemorar os dois anos do projeto, os caras aderiram novamente ao back to basics e olharam pro passado. O resultado é um pouquinho do blog, só que no papel. A produção bem cuidada e impressa em gráfica dá uma cara de luxo pro zine. Mas a diagramação foi feita na base do papel, tesoura e cola, como deve ser. A edição é limitada: apenas 100 cópias impressas. Ou seja, o Zinismo impresso já virou ítem de colecionador!

Entre as muitas leituras e descobertas proporcionadas pelo Zinismo, uma não me sai da memória: o post com o disco do Goemon. É ler e ouvir para crer. Outro, inesquecível, foi escrito pelo querido Ricardo Idéia e conta a saga do “Fresh Fruit for Rotting Vegetables” no bairro do Ipiranga. Este “causo” foi incluído na versão impressa. Ponto pra eles!

Provavelmente vai ser difícil conseguir uma cópia. Mas dá pra acompanhar pela internet. Visite, assine o RSS e fique por dentro:http://zinismo.blogspot.com/

Tagged with:
 

E saiu o primeiro vídeo/single de “The King of Limbs”, o esperado novo trabalho do Radiohead. O disco sai amanhã, 19/02, em versão para download. O formato físico vem só em março.

Assista ao novo vídeo:

Tagged with: