From the monthly archives: abril 2011


Studio Eleven #334 Tracklisting 28.04.2011

01. Delta Maid – Under Cover Of Darkness
02. Friendly Fires – Live Those Days Tonight
03. Trophy Wife – The Quiet Eart
04. Treefight For Sunlight – Facing The Sun
05. All Tiny Creatures – Aviation Class
06. My Morning Jacket – Circuital
07. Beady Eye – The Morning Sun
08. Bos Angeles – Beach Slalom
09. Alexander – Truth
10. Loyal Divide – Vision Vision
11. Explosions In The Sky – Let Me Back In

Tagged with:
 

O novo single do Friendly Fires estreia nesta quinta (28/04) no Studio Eleven. “Live Those Days Tonight” precede o lançamento do segundo álbum dos caras, 16 de maio na Inglaterra e 22,  nos Estados Unidos.  Para ouvir o programa ao vivo, acesse o site da Unifran FM, às 21h. Ou então, dá um pulo aqui na sexta e ouça o programa na íntegra. Pra esquentar, um vídeo deles tocando “Kiss Of Life” nos estúdios da Abbey Road. Clássico!

Tagged with:
 

beachfossils

 


Studio Eleven #333 Tracklisting 14.04.2011

01. Echo Lake – Sunday Evening
02. Brown Recluse – Impressions of a City Morning
03. Beach Fossils – Out In The Way
04. Holy Ghost! – Wait and See
05. Dum Dum Girls – Jail La La
06. Slam Dunk – Bleacher Lovin’
07. Craft Spells – From the Morning Heat
08. Braids – Plath Heart
09. Timber Timber – Woman
10. Wild Nothing – Confirmation
11. Blake Mills – Hey Lover

Tagged with:
 

My Morning Jacket ao vivo no Webster Hall, New York. Pictured by Mark.

Circuital é o nome do sexto  álbum  do My Morning Jacket, banda de rock americana que faz a mistura eclética de country rock, indie, funk e  psychodelic rock. As energéticas performances ao vivo são também marca registrada da banda.

O lançamento oficial acontece no dia 31 de maio,  mas por US$ 80,00 no site da banda,   você já pode fazer reserva da edição especial, um box set de luxo, de dar inveja. Vem em uma caixa toda customizada, contendo, olha só:

– o álbum duplo em vinil verde de 180 gramas com capa especial;
– um encarte ilustrado de 24 páginas com as letras e fotos documentando a gravação do álbum;
– um DVD de 30 minutos com documentário exclusivo;
– porta-retrato da banda fotografado por Danny Clinch;
–  chave de download do álbum na versão digital, no dia do lançamento;
–  poster gigante e mais 4 prévias em download  do box ao vivo que será lançado.

E não pára por aí. Quem comprar esta edição limitada ainda pode encontrar dentro do box set  um par de entradas do tipo all access para usar em um dos shows da turnê de Circuital 2011 da sua escolha. Boa essa hein?

A banda disponibilizou aos fãs, o download gratuito da faixa “Circuital”. É só cadastrar o email no link abaixo.


Sutdio Eleven #332 Tracklisting 31.03.2011

01. The Pains Of Being Pure At Heart – Heart In Your Heartbreak
02. Spectrals – I Ran With Love But I Couldn’t Keep Up
03. Yuck – The Wall
04. The Luyas – Too Beautiful To Work
05. Gramercy Riffs – Call Me
06. Wild Beasts – All The Kings Men
07. Hey Rosetta! – Welcome
08. Sex Beet – Alone
09. LoneLady – Nerve Up
10. Carnivores – Darker Days
11. The Darkside -Waiting For The Angels

Capa de Wasting Light, sétimo álbum do Foo Fighters.

No começo dos anos 90, como baterista da seminal banda grunge Nirvana, Grohl ajudou a mudar a cara da música pop. Hoje, como líder da gigante Foo Fighters, ele é um milionário que já vendeu mais de 15 milhões de albums pelo mundo, ganhou 6 Grammy awards e é o presidente da sua própria gravadora.

“Sharing files is not a crime. And it should not be.”  disse Dave Grohl em recente entrevista para o jornalista inglês Carl Wilkinson. Junto com o Foo Fighters, ele também tem vários projetos, dentre eles o Them Crooked Vultures, com John Paul Jones do Led Zeppelin. Um documentário sobre sua banda dirigido pelo diretor vencedor do Oscar James Moll foi lançado mês passado e o sétimo álbum chamado Wasting Light saiu na última segunda.

Grohl hoje aos 42 faz parte dos que não se importam com a pirataria na Internet. Ele não vê muita diferença entre as trocas de arquivos digitais de hoje com as mixtapes em cassete, de antigamente.  Grohl  foi um baterista que nunca teve a intenção de ganhar grana com a música,  mas mesmo assim, acabou se tornando um dos maiores e mais bem sucedidos rock stars da década, praticamente ignorando a crise da indústria musical.

Nevermind

Quando era baterista do Nirvana, Grohl conta que eles nunca se importaram com o dinheiro e costumavam excursionar pelos Estados Unidos em uma van,  mesmo após o estrondoso sucesso de Nevermind, que completa 20 anos em setembro. Sem dúvida, além do talento de Grohl,  fazer parte do Nirvana e o álbum Nevermind foram cruciais para o sucesso do Foo Fighters.

A história

“O grunge surgiu na região do Pacífico Nordeste”  explica o escritor Mark Yarm, em seu livro Everybody Loves Our Town: A Hystory of Grunge, que será publicado em setembro, para coincidir com o aniversário do Nevermind.  “Não é muito claro quem inventou o termo, mas ele veio para conotar as guitar bands que tocavam com um estilo desordenado e usualmente eram de Seattle. Foi um movimento que transcendia o dinheiro. Sucesso era visto com muito cuidado.

De volta às origens

Wasting Light, produzido por Butch Vig é uma volta à sonoridade do primeiro álbum. Apesar de Grohl ter um estúdio bem equipado, o álbum foi gravado na garagem da sua casa, com equipamentos analógicos e fitas de rolo, ao invés de uma gravação digital. Da mesma maneira que foi Nevermind, Wasting Light é como um antídoto ao mainstream pop todo-produzido que atualmente enche as paradas do mundo todo.

World Tour

Cartaz do show do Foo Fighters em julho, no Reino Unido.

O Foo Fighters embarcará agora em mais uma turnê mundial de estádios lotados, que deve passar pelo Brasil entre outubro e novembro.  O Studio Eleven recomenda.

Tagged with: