Currently viewing the category: "live"


Boogarins_NN
                      Boogarins ao vivo no Stereo Lab Festival. Photo: Newton Nogueira

Uma turnê pelos Estados Unidos com 30 shows começando na próxima semana, matérias de capa nos cadernos de cultura de jornais pelo mundo – do Estado de São Paulo ao New York Times – e um show na cidade mineira de Uberaba antes de tudo. Assim é agenda do Boogarins, possivelmente a banda brasileira mais bem sucedida fora do Brasil hoje. Não, melhor: a banda brasileira – que canta em português – mais bem sucedida fora do Brasil hoje. A rotina de shows pode ser um pouco exaustiva, como me contou o baixista Raphael Vaz após o show da banda no Stereo Lab Festival, que aconteceu em Uberaba no último sábado.  Mas se por um lado é cansativo, por outro traz consigo a importância de abrir um novo capítulo na história da música brasileira. E não poderia ter melhor momento para isso acontecer.

Era pouco mais de duas da manhã quando os primeiros acordes de “Falsa Folha de Rosto”  davam início ao que viria a ser uma das melhores apresentações que eu já vi na vida.  E olha que não foram poucas.  O Boogarins faz música que toca na pele, que se transforma conforme se desenvolve,  como o vento que bate na cara, surta e de repente fica calmo novamente. É quase como uma onda que quebrou no mar. Um som que te envolve no começo mas quando acaba, tudo o que você quer é sentir isso de novo, porque é bom.  O que o Boogarins representa hoje para a música pop brasileira e toda sua importância só o tempo irá dizer. O que posso adiantar é que enquanto  esses quatro senhores – Dinho Almeida, Benke Ferraz, Raphael Vaz e Yanaiã Benthroldo – se divertem no palco, eles formam talvez, a banda brasileira mais importante dos anos 00.

*O Boogarins se apresenta no Brasil novamente em julho, como headliners da surpreendente segunda edição do festival Circadélica, que acontece de 20 a 24 de julho em Sorocaba, SP. Nos vemos lá?

 

show-chic-hernandez-e-batuqueira-band-sesc_-29-5321cfece7988-900x600-620x350Chic Hernandez e Batuqueira Band: banda toca na última noite do festival   (divulgação)

Começa hoje a partir das 19h no Cine Clube Cauim em Ribeirão Preto, a primeira edição do Festival Cauim é Nosso que traz para a cidade, uma intensa programação de música, cinema e arte ao longo das próximas 3 semanas.
O evento inédito acontece no histórico Cine Clube Cauim, que há pelo menos 37 anos exibe sessões alternativas e filmes do circuito não comercial, tornando-se hoje um patrimônio cultural de Ribeirão Preto.

A boa iniciativa foi idealizada pelos produtores David Barral e Simone Duboc, mais o presidente e fundador do Cauim Fernando Kaxassa, na tentativa de fomentar a cena musical independente de Ribeirão,  e ao mesmo tempo, reascender a chama do Cauim, que recentemente enfrenta dificuldades de manutenção em função da crise econômica atual no país.

Por e-mail, a produtora Simone Duboc falou para o  Studio Eleven sobre a importância de um festival como esse:  “O festival vai permitir que o público conheça um pouco mais da cena independente da nossa cidade, com as bandas e djs ocupando um espaço voltado para a produção e difusão da cultura. É nessa interação/colaboração que está a importância do festival, inclusive para a cidade, pois torna a arte acessível a todos.”

Além da apresentação das bandas e DJs, uma lista de clássicos do cinema incrementam a programação do festival, com a exibição de filmes como “O Iluminado”, de Stanley Kubrick,  “O Inquilino”, de Roman Polanski , “À Meia Noite Levarei Sua Alma”, do Zé do Caixão e o aclamado documentário do Bob Dylan dirigido por Martin Scorcese “No Direction Home”, que abre a sessão de cinema hoje às 22h.

A entrada é gratuita, mas o público vai ter a chance de colaborar com cada artista com a quantia que desejar de uma forma bem simpática:  a antiga tradição de passar o chapéu será resgatada, dando um charme à parte ao festival. Ponto para a organização!

 

cineclube-cauim

O CAUIM E EU

Dizem que na lista das coisas que você tem que fazer antes de morrer está assistir um filme na sala de cinema do Cine Clube Cauim. Lembro do meu primeiro contato com o Cauim, quando meu grande amigo Aldrey Resende me convidou para ir na festa Tutu Black que agitava as noites de domingo no espaço do cinema, mas acabei indo mesmo em  meados de 2012, em uma edição de fim de ano, naquela semana do Natal.  Foi surpreendente sentir a energia daquele lugar ao som dos Tutu Djs. Ficamos tão amigos que meses depois aconteceu a minha estreia como DJ na festa dos Tutu. Foi quando pude tocar um pouco da minha veia black na pista, coisa que nunca tive a oportunidade de fazer nas festas de rock do Studio Eleven (por motivos óbvios rs). Curiosamente ainda não assisti um filme na famosa sala de cinema do Cauim, vou aproveitar o festival para ticar isso na minha agenda.

Festival Cauim é Nosso – Programação:

23/11 – Quarta-feira

19h – Simone Duboc
20h – Bavid
21h – Simone Duboc
22h – “No Direction Home – Bob Dylan”, Martin Scorsese

24/11 – Quinta-feira

19h – Dj Rafones (O Hierofante)
20h – Metaloris
21h – Dj Rafones (O Hierofante)
22h – “O Iluminado”, Stanley Kubrick

25/11 – Sexta-feira

19h – Dj Mod.
20h – Monofuzz
21h – Dj Mod.
22h – “À meia-noite levarei sua alma”, José Mojica Marins (Zé do Caixão)

30/11 – Quarta-feira

19h – Perereca
20h – Invasores do Sertão
21h – Perereca
22h – “Os irmãos Cara de Pau”, Dan Aykroyd e John Landis

1º/12 – Quinta-feira

19h – Dj Simone Duboc
20h – Calamar
21h – Dj Simone Duboc
22h – “Amarelo Manga”, Claudio Assis

2/12 – Sexta-feira

19h – Dj Danilo Psico
20h – Dresden
21h – Dj Danilo Psico
22h – O Inquilino – Roman Polanski

7/12 – Quarta-feira

19h – Perereca
20h – Regis Martins & Cia Fantasma
21h – Perereca
22h – “Loki – Arnaldo Baptista”, Paulo H Fontenelle

8/12 – Quinta-feira

19h – Dj Kcond
20h – Muda
21h – Dj Kcond
22h – “O Cheiro do Ralo”, Heitor Dhalia

9/12 – Sexta-feira

19h – Dj Shareid
20h – Chic Hernandez Batuqueira Band
21h – Dj Shareid
22h – “Simonal – Ninguém sabe o duro que dei”, Claudio Manoel

SERVIÇO:

Quando: de 23/11 a 9/12, sempre de quarta a sexta, com início às 19h
Onde: CineClube Cauim (Rua São Sebastião, 920, Centro)
Quanto: entrada gratuita

 

Tagged with:
 

theorwells

Dos subúrbios de Chicago vem o The Orwells, banda de moleques com 17 anos de idade que já chegam com seu rock sujo de sonoridade punk, para entrar no status de sua nova banda favorita. A banda está atualmente em turnê de suporte aos shows do Fidlar, que você ouviu primeiro aqui. Ouça abaixo a faixa “Mallrats”, em performance ao vivo dos caras.

Tagged with:
 

Lee&Steve

O primeiro show da turnê brasileira do Lee Ranaldo and the Dust que aconteceu ontem em Araraquara, interior de SP, mostra porque os ingressos para as duas  apresentações em São Paulo hoje e amanhã estão esgotadas. A banda, que é 50% do Sonic Youth (Lee Ranaldo and Steve Shelley) toca músicas do próximo álbum que sai em outubro. Confira no vídeo abaixo, a última música do show, “Waiting on a Dream”.

Tagged with:
 

Over the years, Pale Sunday has been favorably offering good quality tunes for those indiepop enthusiasts around the globe and this is not different now. The band is currently touring their brand new EP The Fake Stories About You and Me, – out now on Matinée Recordings,  click here to buy – with a few surprises live on the bill, including tracks like “Today” , from their first EP, now revisited and sounding just as perfect as the new stuff.

Watch down below the band performing 2010’s hit single “Shooting Star” live at Crazy Miranda store’s showcase last Saturday. You will buy their record afterwards..

 

 

Tagged with:
 

 

 

If you think of 2012 as the new 1992, with quite a number of new bands playing it loud again, a perfect “editor’s choice” of today would be the Vancouver power trio Nü Sensae, which seems to be making the right music at the right time.

Their new LP Sundowning is out now via Suicide Sqweeze Records, and the track “Swim” redefine the sound of punk.  Nü Sensae seriously bring it on stage, so,  hurry and catch them live on the following dates:

August
3 – Vancouver, BC – @ Antisocial (record release show)
4 – Calgary, AB – @ The Palomino
5 – Edmonton, AB – @ Wunderbar
6 – Calgary, AB – @ House Show
7 – Regina, SK – Smith Street Sounds
8 – Winnipeg, MB – @ Lo Pub
9 – off
10 – St. Paul, MN – @ Turf Club
11 – Iowa City, IA – @ Gabe’s
12 – Chicago, IL – @ The Empty Bottle
13 – Detroit, MI – @ The Lager House #
14 – London, ON – @ Call The Office
15 – Toronto, ON – @ Parts and Labour
16 – Ottawa, ON – @ Babylon
17 – off
18 – Montreal, QC – @ Casa Del Popolo
19 – Boston, MA – @ Midway Cafe *
20 – New York, NY – @ Death By Audio*
21 – New York, NY – @Tommy’s Tavern*
22 – Philadelphia, PA – @ Cloud City *
23 – Pittsburgh, PA – @ The Shop *
24 – Cincinnati, OH – @ Kirby House*
25 – St. Louis, MO – @ Apop Records*
26 – Lawrence, KS – @ Replay Lounge%
27 – off
28 – Denver, CO – @ Glob
29 – Salt Lake City, UT – @ The Underground
30 – Reno, NV – @ Holland Project
31 – Portland, OR – @ House Show

September
1 – off
2 – Seattle, WA – @ Bumbershoot Festival

#with Tyvek / Wet Hair
*with Psychic Blood
%with King Tuff

Tagged with:
 

Saturdays happen to be the best day of the week. Why don’t you spend yours listening to one of the best tracks of the year? Check out this new video from London based  Pale Seas performing live “My On Mind” and get to know what that’s all about.

 

 

 

Tagged with:
 

SAVAGES, amazing girls from London with a huge future ahead of them, the track is “City’s Full”. They are about to release their debut single for download on May 28 through Pop Noire Records. Check them out by yourself and enjoy!

Tagged with:
 

Mark Foster, em apresentação da banda na edição do Grammy deste ano em Los Angeles. photo: AP

 

Perry Farrell trouxe o Lollapalooza para São Paulo e junto com ele, duas festas para esquentar ainda mais o clima do festival na noite paulistana. As Lollaparties rolaram no Cine Joia, que fica na Praça Carlos Gomes, bairro da Liberdade, no centro velho de São Paulo. Inaugurada em novembro após um projeto de revitalização do antigo cinema dos anos 50, o Cine Joia pode ser considerado hoje uma das melhores casas de shows de porte médio de São Paulo, a julgar pelo show do Foster the People na última quinta, 05/04, que com som impecável, fez a alegria do público que  lotou a casa em noite sold out.   A pista do Cine Joia é em declive, o que significa que até os de estatura mais baixa podem ver tranquilamente o show mais ao fundo. Outro destaque é para as projeções, com tecnologia 3D que rolam ao fundo do palco e faz de cada show uma apresentação única. Os bares estão bem aparelhados, o atendimento é de primeira e no bar da lateral direita do palco vende chope Heineken.  É  uma experiência bem bacana assistir um show no Cine Joia. Veja neste link, a agenda poderosa dos próximos shows da casa e programe-se.

No vídeo abaixo, a entrada do Foster the People com “Houdini”, precedida de uma bela introdução visual (afinal, o Cine Joia antes de virar casa de show foi um cinema dos anos 50, lembram?)

A banda tocou por cerca de uma hora e meia todas as faixas do álbum Torches, dois bônus tracks “Broken Jaw” e “Love” e encerrou com uma versão apoteótica de “Pumped up Kicks”, com direito a um stage dive do vocalista que deixou todo mundo de boca aberta. Dá pra ver tudo isso bem de perto aqui, neste outro vídeo.  O vibe do show dos californianos também pode ser visto na apresentação deles no domingo, no Palco Cidade Jardim do Lollapalooza, (sem o stage dive dessa vez)  mostrando competência também em show grande. Os outros destaques do festival foram, no sábado,  os show do Band of Horses, Cage the Elephant, Joan Jett e Foo Fighters. No domingo, para as apresentações de Gogol Bordello, MGMT, Foster The People, Janes Addiction e Artic Monkeys.

Tagged with:
 

Morrisey live pictured by Newton Nogueira

 

Com um “Olá Sampa!” cheio de gás, Morrissey saudou São Paulo para o último show da turnê no Brasil no último domingo, com ingressos esgotados. Enquanto desfilava hits de sua carreira solo, Morrissey fazia outro desfile à parte, o da sua coleção de camisas estilosas na qual ele trocou umas 4 ou 5 vezes.

No setlist, ele incluiu 4 sucessos do The Smiths, dentre eles “Still Ill”,  um dos primeiros momentos de catarse do público, que você pode conferir no vídeo abaixo. O outro momento desse tipo foi em “How Soon Is Now”, que fechou o espetáculo. Amazing.

Tagged with: